segunda-feira, 29 de junho de 2009

Já passam de 5 e nem notei.

Eu te emoldurei , e vi toda a sua perfeição mais bonita e os defeitos que você tem. E eu reguei tudo isso com tanta paciência, podei todas as dores, as mágoas, trabalhei, eu dividi. E de tudo, uma parte de mim, você carrega. A cada palavra, cada abraço, você leva um pedaço de mim, um pedaço do qual eu não sabia que existia e que agora, simplesmente é seu. Ninguém mais tem, alguém nunca terá. Na qual, está contido tanta dedicação, tanto carinho e eu poderia dizer, e porque não, tanto amor.
É único, insubstituivel e não há ninguém que mude.


Já se passam cinco, e eu nem notei.

3 comentários:

Caaa :) disse...

Adoro essa subjetividade.

Luiza disse...

Hm, achei seu blog quando fui comentar no último post da Lari.

Presumo que você seja uma das (várias) primas dela, certo? hahahah

Muito legal o blog. MUITO mesmo.
Escreve bem, escreve bonito, haha

:*

Luiza disse...

"Quase formada"? O que são mais 3 anos e meio, né? rs

Obrigada pelos elogios.
Espero que a palhaça da tua prima fale BEM de mim pros socorrenses, senão o bicho vai pegar :D

Não sei o que você faz da vida, mas seu blog não é mediano. É bom. E é criativo. E colorido. haha

Enfim, pode escrever bastante, porque eu não tenho o que fazer da vida e minha diversão é ler coisas de blogs alheios. haha

Beijo.